A Educação Básica deve promover o desenvolvimento/aperfeiçoamento da consciência social e crítica do educando, ampliando e transformando o conhecimento com base no saber socialmente organizado e na sua relação teórico-prática.

 A Educação Infantil, primeira etapa da Educação Básica, tem por finalidade o desenvolvimento integral da criança até cinco anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, acompanhado da ação da família e da comunidade. A avaliação far-se-á mediante acompanhamento e registro do seu desenvolvimento, sem objetivo de promoção.

 

 A Educação Infantil tem como objetivos:

  • Desenvolver na criança uma imagem positiva de si, no intuito de tornar-se mais independente, com confiança em suas capacidades;
  • Provocar na criança o interesse por descobrir e conhecer progressivamente seu próprio corpo, suas potencialidades e seus limites, desenvolvendo/valorizando hábitos de saúde e bem-estar;
  • Planejar atividades que permitam a criança estabelecer e ampliar cada vez mais as relações sociais, estabelecendo vínculos afetivos e trocas com adultos e crianças de modo a articular os seus interesses e pontos de vista com as demais, respeitando a diversidade e desenvolvendo atitudes de ajuda e colaboração;
  • Programar atividades que permitam à criança representar e evocar diversos aspectos vividos, conhecidos ou imaginados, através da brincadeira e demais formas de expressão;
  • Incentivar a criança a observar e explorar o ambiente com atitudes de curiosidade, percebendo-se como parte integrante, dependente e agente transformador do meio ambiente, contribuindo para a sua conservação;
  • Possibilitar à criança o conhecimento de diferentes manifestações culturais, demonstrando atitude de interesse, respeito e solidariedade, valorizando a diversidade;
  • Diversificar as atividades para que a criança possa utilizar as diferentes linguagens (verbal, gráfica, plástica, corporal, musical e matemática) ajustadas às diferentes intenções e situações de comunicação, de forma avançar no seu processo de construção de significados e desenvolvimento da sua capacidade expressiva.